Tratamentos/Procedimentos

A dor crônica é um dos maiores desafios da medicina pois, na maioria das vezes, não responde ao tratamento medicamentoso tradicional. Desta forma, exige que nós profissionais recorramos a outras terapêuticas e façamos uma associação de técnicas em busca do alívio da dor e do restabelecimento da qualidade de vida do paciente.

Bloqueios e infiltrações guiados por aparelhos de imagem

É possível administrar as mais diversas substâncias no local das lesões para aliviar a dor, reduzir a inflação e estimular a cicatrização, ou ainda nas articulações doentes para, além disso, repor a lubrificação perdida. 

O procedimento é realizado por meio de injeções guiadas por aparelhos de imagem, ou seja, com o auxílio de um ultrassom e radioscopia, o procedimento é realizado exatamente na área que será tratada.

Os bloqueios e infiltrações podem ser utilizados como medida terapêutica em diversos problemas, como artrose, artrite, tendinites e bursites em praticamente todas as articulações do corpo, dores na coluna e lesões nos ligamentos.

Neuroestimulação periférica e central

A neuroestimulação aplica estímulos elétricos para modular os sinais de dor transmitidos para o cérebro. Ela pode ser feita no sistema nervoso central ou nos membros, dependendo de cada caso e do tipo e origem da dor.

O procedimento é muito utilizado no tratamento da dor crônica com origem em distúrbios dos nervos, além daquela gerada por problemas na coluna, fibromialgia, cefaleia crônica, síndrome de dor complexa regional e procedimentos cirúrgicos.

Acupuntura neurofuncional

Esta técnica neuromodulatória periférica utiliza as clássicas agulhas de acupuntura e pode auxiliar na cura de muitas doenças, sem o inconveniente dos efeitos colaterais de medicamentos.

É considerada uma das formas mais eficazes de neuromodulação periférica, além de ser muito mais econômica e plenamente tolerável para os pacientes.

Menu